O protético Francisco Nazário de Sousa, de 57 anos, conhecido popularmente como Abdias,que atuava como dentista, foi assassinado por um pistoleiro dentro da loja Proagro, que vende produtos agropecuários, na cidade de Buriticupu.

Por volta de 16h de sexta-feira (1º), Abdias adentrou a loja e parou por um instante. Um homem, que já estava saindo, aproximou-se e o cumprimentou. De imediato, o matador surgiu por trás e, aproveitando-se da distração, disparou um tiro na cabeça da vítima, que morreu no local. A dupla saiu correndo e fugiu.
Abdias teria participado da morte de várias pessoas, mas teve baixa na própria família. Os três filhos dele foram assassinados.

Pelas informações, ele era um dos homens mais temidos da cidade, mas ultimamente levava uma vida tranquila. O crime tem características de acerto de contas ou de encomenda.

by 14:22 0 comentários