Durante o lançamento do Pacto Estadual Pela Aprendizagem, foi apresentado o Documento Curricular do Maranhense com diretrizes e referências para que todas as redes municipais sigam o mesmo caminho e elevem também a sua qualidade. A Prefeitura de Açailândia, através da Secretária Municipal de Educação, Maria Luiza Vieira, participou nesta quarta-feira (20), do Lançamento do Pacto Estadual Pela Aprendizagem. 

O evento aconteceu no Auditório do Hotel Luzeiros, em São Luís, durante todo o dia e contou com a participação do governador Flávio Dino, o ex-Ministro da Educação José Henrique Paim, de prefeitos e secretários e assessores de educação dos municípios maranhenses, além de representantes de organizações, entidades e associações, sociedade civil organizada e comunidade em geral. Entre os objetivos do Pacto, se destacam a garantia de que todos os estudantes do território maranhense estejam alfabetizados, em Língua Portuguesa e em Matemática, na idade certa; a redução da distorção idade-série na Educação Básica; a elevação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), além da contribuição no aperfeiçoamento da formação dos profissionais de educação das redes municipais. “Nós temos esse ano a mensuração de um novo Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), e vamos continuar elevando a qualidade de ensino da rede estadual mas, também, queremos que os municípios caminhem junto conosco”, disse o governador Flávio Dino. Durante o lançamento do Pacto Estadual Pela Aprendizagem, foi apresentado o Documento Curricular do Território Maranhense com diretrizes e referências para que todas as redes municipais sigam o mesmo caminho e elevem também a sua qualidade. Na prática, o governo apoiará as redes municipais, fortalecendo a aprendizagem do estudante desde a educação infantil para que ele chegue ao Ensino Médio com as habilidades necessárias à sua formação. 

Para José Henrique Paim, ministro da Educação entre os anos de 2014 e 2015 e um dos elaboradores do Documento Currículo, o Maranhão está no rumo certo para a construção de uma educação pública de qualidade social, investindo em infraestrutura e incentivo técnico-pedagógico. “Aqui era uma situação muito grave. Eu acompanhei esse processo todo quando eu estava no Ministério da Educação. Durante 11 anos, eu recebia fotos de vários Estados com a situação de carência de infraestrutura, e aqui era o pior estado. O governador Flávio Dino tomou uma decisão muito correta trazendo o Escola Digna”, garantiu Paim. Atualmente, o Maranhão tem 1.075.618 estudantes matriculados no Ensino Fundamental, sendo 1.035.071 nas redes municipais, que poderão ser beneficiados com o Pacto pela Aprendizagem. A rede estadual ainda tem 40.547 matrículas do Ensino Fundamental, que aos poucos estão em processo de municipalização, conforme determina legislação vigente. Com informações da Agência Maranhão de Notícias.

Por: Antônio Maria - ASCOM-PMA
Fotos: Karlos Geromy





by 06:45 0 comentários