Sindicato dos Rodoviários anunciou corte de 20% dos cobradores da capital; deputado anuncia a criação da Frente Parlamentar de Defesa dos Rodoviários e do Transporte Público


Foto/Divulgação: Em plenária, Duarte Jr anuncia a criação da Frente Parlamentar de Defesa dos Rodoviários e do Transporte Público

Após anúncio do Sindicato dos Rodoviários de São Luís de que 20% dos cobradores de ônibus da capital serão retirados da função, o deputado estadual Duarte Jr abriu a sessão plenária desta segunda-feira (27) informando medidas para combater o desemprego da categoria e garantir o direito dos trabalhadores e dos usuários de transporte coletivo.

“Nesse momento de crise e recessão, a retirada dos cobradores dos ônibus de São Luís compromete a perspectiva de vida desses profissionais e de suas famílias. Além de colocar em risco a qualidade do serviço prestado ao consumidor”, disse Duarte Jr.

O deputado destacou ainda que, se for uma medida para que as empresas economizem, é importante saber se haverá abatimento no valor das passagens para o consumidor. Também se mostrou preocupado com a possibilidade de os motoristas ficarem sobrecarregados, uma vez que ficarão responsáveis por dirigir, receber o pagamento, dar o troco e acionar o embarque de pessoas com deficiência.

Como uma medida de defesa dos direitos da categoria, o deputado anunciou em plenária a criação da Frente Parlamentar de Defesa dos Rodoviários e do Transporte Público do Maranhão. “Sabemos que os rodoviários trabalham sob constante estresse. É uma categoria profissional que precisa de toda atenção, cuidado e fiscalização das condições de trabalho”, afirma Duarte.

Também haverá fiscalização se os cobradores serão realocados para outras funções nas empresas, segundo informou o sindicato. “Já entrei em contato com Isaías Castelo Branco, presidente do sindicato, para garantir que os cobradores realmente sejam inseridos em outras funções nas empresas e para que não haja nenhum prejuízo ao transporte público da capital”, informa.

Duarte também destacou que essa já é uma realidade em outros países, mas que a mudança deve ser feita com muito cuidado e por meio do diálogo para não prejudicar os direitos dos trabalhadores. Após o discurso, o deputado colheu assinaturas dos demais deputados para oficializar a criação da Frente Parlamentar.

FONTE: ASCOM DUARTE JR

by 11:41 0 comentários