Deputado Hildo Rocha com o Ministro da agricultura do Vietnã, Xuan Cuong
Com o objetivo de expandir o intercâmbio comercial entre o Brasil e países do continente asiático, o deputado Hildo Rocha, Diretor de Relações Exteriores da Frente Parlamentar da Agropecuária, participa de encontros e reuniões oficiais com membros dos governos do Vietnã e da Indonésia. A agenda de trabalho do parlamentar maranhense no continente asiático teve início no Vietnã, onde Rocha foi recebido pelo ministro da Agricultura, Xuan Cuong.

“Atualmente a balança comercial entre o Brasil e o Vietnã registra um déficit de quase quatrocentos milhões de dólares. Assim sendo, o esforço que o governo federal, através do ministério da Agricultura Pecuária e Alimentos, está realizando, com a finalidade de ampliarmos as vendas de produtos brasileiros para o Vietnã é muito importante. Essa tese ficou ainda mais evidente ao longo dos debates que realizamos durante as reuniões com membros do governo vietnamita. Há muito espaço para aumentarmos as vendas de produtos de forma recíproca”, explicou Hildo Rocha.
Deputados, Aline Sleutjes, José Victor, Alceu Moreira e Hildo Rocha
Também participam da missão no Vietnã, liderada pela Ministra da Agricultura, Tereza Cristina, os deputados Alceu Moreira (RS), Presidente da Frente Parlamentar da agropecuária; Aline Sleutjes (PR); Beto Rosado (RN); Domingos Sávio (MG); José Silva (MG); Luíza Canziane (PR), Roberto Pessoa ( CE) e Marcelo Aro (MG).

Mercado promissor

Rocha destacou que o incremento do comércio entre o Brasil e o Vietnã terá um ganho adicional. “Além de melhorarmos a nossa balança comercial, o Vietnã poderá ser a porta de entrada do Sudeste asiático para a produção brasileira, conforme defendeu o Ministro dos Negócios do Vietnã, Lê Quoc Doanh.

Carne bovina e frangos

De acordo com Hildo Rocha, há grande possibilidade de que a partir deste ano o Vietnã aumente o volume de compras de carne bovina e de frangos do Brasil. “Temos imensa capacidade para atender a demanda de bois vivos. Atualmente o Vietnã compra apenas da Austrália, mas o Brasil tem as mesmas condições oferecidas por esse país”, destacou o deputado.

Principais produtos que o Vietnã vende para o Brasil

Borracha; calçados; têxteis; baterias; telefones e circuitos integrados, entre outros. Aquele país pretende incrementar a venda de pescados e camarão vietnamita para o Brasil.

Principais produtos que o Brasil vende para o Vietnã
Vietnamitas e brasileiros durante comemoração alusiva aos 30 anos de relações diplomáticas com o Brasil
Milho; farelo de soja; carne de frango e aviões. Os vietnamitas têm interesse em comprar alguns produtos agrícolas como frutas, soja em grão e carnes. Os vietnamitas também demonstraram interesse em aumentar as compras de equipamentos agrícolas e aviões do Brasil.

Vantagens para o Brasil

Hildo Rocha ressaltou que o Brasil é o 21º parceiro comercial do Vietnã. “Em 2018 o Brasil vendeu para o Vietnã apenas 2,2 bilhões de dólares e comprou 2,5 bilhões de dólares. Nossas vendas, no período de 12 meses, representam pouco menos de 2% do total importado pelo Vietnã. Podemos conquistar pelo menos 5% desse mercado nos próximos três anos. Significa passar para 12 bilhões de dólares. Isso é possível e representa geração de divisas e criação de empregos no Brasil e para os vietnamitas produtos com preços melhores e de excelente qualidade”, afirmou o parlamentar.

Parceria com a Embrapa
Vietnamitas e brasileiros durante comemoração alusiva aos 30 anos de relações diplomáticas com o Brasil
Considerando que o clima do Vietnã é semelhante ao do Brasil, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina propôs uma parceria envolvendo a Embrapa, estatal brasileira de inovação tecnológica detentora de eficientes tecnologias de desenvolvimento agropecuário.

Café

Brasil e Vietnã são os maiores produtores de café do mundo. Os dois países juntos produzem 70% de toda produção mundial. Durante a reunião com o governo vietnamita os deputados brasileiros propuseram a constituição de uma associação entre Brasil e Vietnã para cooperação da produção e do comércio de café.

Trinta anos de relações diplomáticas e novos mercados 

Ainda como parte da agenda oficial preparada pela diplomacia dos dois países a comitiva brasileira participou da solenidade comemorativa aos 30 anos de relações diplomáticas entre o Brasil e o Vietnã. A programação foi composta por políticos, culturais e comerciais.

Hoje e amanhã, os deputados brasileiros e a Ministra da Agricultura participam de eventos públicos na cidade de Jacarta, capital da Indonésia, outro provável grande parceiro comercial do Brasil no continente Asiático.

Da Assessoria 

by 12:27 0 comentários