“Movimento: Menos Promessas e Mais Ação”
Em frente ao prédio da Prefeitura, pacificamente, servidores e populares se manifestaram com cartazes e palavras de ordem em discussão aos itens da pauta de reivindicações. Exibindo faixas e cartazes e apoiados por um carro de som, alguns servidores cantavam e dançavam ao som da música “Coelhinho” parodia que foi adaptada como forma protesto para a reivindicação. 
Os servidores municipais decidiram paralisar suas atividades laborais durante a última quinta-feira (02/05) e esta sexta-feira (03/05), devido a não aceitação de alguns pontos da proposta enviada pelo Executivo. O Sindicato dos servidores públicos de Bom Jesus das Selvas - SINSERP – manifestou-se em ato público pacífico na manhã desta sexta-feira, 03/05, para reivindicar o cumprimento de uma extensa pauta que garante direitos de todas as categorias de servidores municipais. 
Entre as reivindicações consta o Ajuste e Reajuste dos salários, pagamentos de insalubridade e periculosidade, abono salarial, Nivelamento, entre outras questões. Na oportunidade, populares também se manifestaram exigindo do gestor Público municipal mais ação no sentido de garantir serviços essenciais para a população como Saúde e educação de qualidade e água. 
Pois, ruas e bairros inteiros padecem com a falta desse líquido precioso, sujeitando-se a comprarem pipas d’água para não terem que morrer de sede. Em uma tentativa de coibir o movimento popular pacífico, o prefeito Fernando Coelho e seus aliados interditaram todas as entradas do paço municipal - Prefeitura- para que os manifestantes não adentrassem no prédio. O que causou indignação e revolta dos que ali estavam em busca de seus direitos. 
Sendo necessário, intervenção policial para a retirada de um carro guincho estacionado na entrada principal que dá acesso à Prefeitura e à Câmara municipal, para que o direito constitucional do cidadão de manifestar-se fosse assegurado. Não bastasse, a atitude arbitrária do gestor, o então presidente da casa de leis (câmara), Antônio Messias, também em desrespeito à classe trabalhadora, encerrou a sessão tão logo os populares adentraram na mesma. 
Demonstrando ser completamente passivo e omisso à luta dos mesmos. Os servidores, representados pelo presidente do SINSERP, em demonstração de repúdio de tal ação da administração pública, mobilizou seus iguais (servidores) e caminharam pelas ruas da cidade para que o “feito” tornasse ainda mais notório.
Itens da Pauta de Reivindicações dos Servidores:

- Proposta Salarial 2019/2020.
- Concurso Público.
- Nivelamento.
- Licença Capacitação
- Abono Salarial
- Data Base
- Empréstimo Consignado.
- Periculosidade e Insalubridade.

by 19:21 0 comentários