Em nota encaminhada a imprensa na tarde desta terça-feira (02), o advogado e procurador do Município de Açailândia, Dr. Saulo Roberto Oliveria Vieira rebate acusações disseminadas através de um áudio que circula em grupos de WhatsApp. Dr. Saulo Roberto, pessoa de conduta ilibada, diz que está tomando todas as providências, pois não tem dúvidas de que tudo foi orquestrado no submundo das FAKE NEWS.

‌VEJA A INTEGRA DA NOTA

Amigos e amigas de Açailândia, em razão da veiculação de um áudio [mentiroso] propagado em alguns grupos de wattsapp da cidade, cujo relato de um dos interlocutores afirma que eu recebia ilicitamente dinheiro de uma determinada empresa prestadora de serviços para o município, venho a público esclarecer que o conteúdo da fala é absolutamente falso. Essa afirmação veiculada contra a minha pessoa nos grupos de wattsapp não é novidade para mim! Fui informado recentemente que algumas pessoas, ávidas por fazer o que sempre costumam fazer, isto é, tentar manchar a reputação de pessoas de bem, disseram em rodadas de conversas que: “não é possível que não exista nada contra o procurador”. Diante desse quadro, não me surpreende esse tipo de situação, pois trata-se de algo orquestrado no submundo das fake-news. Montagem de cenário das mais baratas por aqueles que acham que todas as pessoas são desonestas, corruptas, etc. Certamente não sabem como é o meu trato com a coisa pública. Ultrapassam a linha permitida. Jogo político é uma coisa; as mentiras, a difamação e a calúnia não devem fazer parte do jogo. Vou ter a oportunidade de provar na Justiça que isso não passa de uma grande mentira, ou melhor, ele (ou eles) terá (terão) de provar que está (ou estão) falando a verdade, pois o ônus da prova recai sobre aquele que faz a acusação. No mais, asseguro a todos que eu não tenho absolutamente nada a ver com os fatos narrados no áudio e seguirei tranquilo de consciência limpa, fazendo o meu trabalho em prol do município de Açailândia. Volto a repetir, isso não é surpresa para mim, até por que eu já havia sido informado que a bola da vez era eu! Aos envolvidos nessa trama sórdida, cujo único objetivo foi de tentar macular a minha honra, afirmo que dentro em breve nos veremos em uma sala de audiências. Quero dar a oportunidade a esse senhor de provar o que afirmou. E quanto aos demais (isso mesmo, tem mais gente aí), estou quase no fim. Nos veremos também. Até breve.
‌Saulo Roberto Oliveira Vieira
‌Procurador-Geral do Município
‌Açailândia-MA

by 17:53 0 comentários