A Prefeitura De Açailândia, através da Secretaria Municipal de Assistência Social, está realizando no auditório do CRAI – Centro de Referência e Assistência à Pessoa Idosa, a XII - Conferência Municipal de Assistência Social.

Este ano, a Conferência tem como tema: “Assistência Social: Direito do povo, com financiamento público e participação social” e tem como objetivo fortalecer o debate e a luta pela manutenção da Política Pública de Assistência Social, garantida pela Constituição Federal como direito e forma de minimizar os impactos da desigualdade social do país, devendo ser compreendida e garantida como política de estado e não de governo.

O evento é voltado para usuários da assistência social, assim como os representantes de entidades e trabalhadores do SUAS. É direcionado também para representantes do Judiciário, do Ministério Público e representantes governamentais que atuam nos serviços da assistência social.

Na oportunidade, a palestrante Rosângela Bertoldo, assistente social, especialista em gestão pública, gerontologia, gestão pública e conselheira municipal de assistência social em São Luís, destacou a Conferência como o momento de conferir o que já é executado no município, o que precisa ser melhorado e aprimorado.
“A população deve acessar esses serviços, e participar também dos conselhos, que é a forma de fiscalização. O importante aqui é que além dos servidores, que atuam na rede de atendimento com as outras secretarias, também os usuários estão presentes, porque agora é o momento de discutir as propostas. Neste ano, o tema da Conferência é Assistência Social, direito do povo, com financiamento público e participação social, que é a reafirmação dos compromissos que já deveriam ser cumpridos desde a primeira Conferência realizada em 2005, quando trouxe como tema: “A Assistência Social, Direito do Cidadão e Dever do Estado”, destacou Rosângela Bertoldo São três eixos que estão sendo debatidos: I - A Assistência Social como Direito do Cidadão, Serviços, Programas e Projetos. II - Financiamento Público – Impactos e Retrocessos nas Políticas Sociais.

III – Participação Social – Quem Sou Eu no SUAS? Durante a conferência, o público formou grupos para discutir as propostas de nível municipal, estadual e nacional, que serão levadas à próxima etapa pelo delegado escolhido. A Secretária de Assistência Social Josélia Santos, também comentou a respeito do trabalho desenvolvido em Açailândia, conforme a apresentação das ações da SEMAS exibidas em telão. “É com grande alegria que podemos dizer que o município de Açailândia presta um maravilhoso serviço na área de assistência social, com investimento de recursos próprios, além da participação de parcerias com outras secretarias, contribuições que vem só a melhorar a política pública social.

É um trabalho bastante amplo, um trabalho bastante profissional para que o usuário saia da vulnerabilidade e pelo acesso aos seus direitos possa ter mais qualidade de vida”, avaliou Josélia Santos. ASCOM – PMA – Por: Antônio Maria.

by 10:21 0 comentários