Depois de muitas lutas e vencer um câncer, Juscelino Oliveira foi vencido por deficiências no coração.
O prefeito de Açailândia Juscelino Oliveira (PCdoB) renunciou ontem, quinta-feira (22) ao cargo de prefeito da cidade de Açailândia e alegou o seu afastamento em virtude de a problemas de saúde. Ele entregou a sua carta de renúncia ao presidente da Câmara Municipal de Açailândia.

A decisão de Juscelino Oliveira foi anunciada aos secretários durante uma reunião de emergência na tarde ontem em Açailândia, após o prefeito tomar conhecimento da gravidade da sua saúde. Á noite ele entregou a sua carta à Câmara Municipal de Açailândia que imediatamente deu posse ao vice-prefeito Aluísio Sousa.

De acordo com a carta de renúncia, ele disse que tomou essa decisão porque ele precisava cuidar de sua saúde e essa decisão foi acordada com a família dele. Ele disse também que descarta qualquer possibilidade de comentários a respeito dessa decisão que tenha sido por outros motivos.

Entenda o caso

Em 2017 o prefeito Juscelino Oliveira foi levado às pressas para um hospital em São Paulo para tratar de um problema de saúde no pulmão.

Na ocasião, ele passou por intervenções cirúrgicas para a retirada da parte de um pulmão. Na ocasião também foi detectado que havia comprometimento de uma das artérias do coração e que havia necessidade de um tratamento de urgência, mas que não poderia ser feito paralelo à cirurgia para tratamento de um câncer no pulmão.

O prefeito Juscelino não obedeceu às ordens de urgências médicas para o tratamento do coração e a situação se agravou obrigando-o a renunciar ao cargo, e, agora longe dos problemas da administração pública irá cuidar da sua saúde.

Com a renúncia, quem assumiu o comando do Município é o vice-prefeito Aluísio Sousa, do partido Solidariedade. Na eleição em que os dois vitoriosos eles obtiveram 33.652 votos e essa foi considerada a maior votação obtida em Açailândia.

Fonte: Blog Wilton Lima 

by 11:16 0 comentários