Diante da má gestão do prefeito da cidade de Pedreiras, Antônio França (PTB), o problemático deputado estadual Fábio Macedo (PDT), no alto de sua decadência política (quase não foi reeleito), em aparte no pronunciamento do deputado Vinicius Louro (PL) durante a sessão desta quinta-feira (15), tentou, mas não conseguiu defender o seu aliado político que vai de mal a pior. O gestor já vai para o quarto ano de seu mandato sem nenhuma obra significativa para a cidade. 

Vinicius Louro fez uso da tribuna para falar das inúmeras mazelas da cidade que tem um prefeito sem ações e que nunca disse a que veio. Na avaliação feita por Vinicius, cidades como Lima Campos, Trizidela do Vale e Bernardo do Mearim estão anos luz à frente de Pedreiras, que deveria, como a principal cidade do Médio Mearim, estar em pleno desenvolvimento. 

"É uma calamidade o que vem acontecendo na cidade de Pedreiras, que recebe recursos do gás natural há mais de dois anos, cerca de mais de 15 milhões, e não vemos nenhum tipo de ação da gestão municipal que já tem, inclusive, várias ações no Ministério Público, de onde precisamos cobrar uma resposta", declarou Vinicius Louro.

Fábio Macedo por sua vez, ao pedir um aparte, tentou, mas não conseguiu defender Antônio França.

"Acho injusto que você venha a tribuna falar que o prefeito não tem feito nada por aquela cidade. Sou um admirador pela pessoa que ele é, pelo trabalhador que ele é, um prefeito incansável. Prefeito que não se esconde, a todo momento você vê ele na cidade, rodando, nas obras, e que a gente sempre vê a maioria dos prefeitos que quando tem um problema se esconde. E corrupção não existe naquela cidade, todo dinheiro que vem para a cidade é aplicado, a conduta dele é inabalável", disse Fábio Macedo sem apresentar nenhuma obra concretizada na gestão de Antônio França, o deputado também afirmou que colocaria as duas mãos no fogo pelo gestor. 

O deputado Vinicius Louro retomou o pronunciamento onde afirmou que Fábio Macedo, apesar de se afirmar defensor da região do Médio Mearim, ainda não pisou no local este ano. O parlamentar listou a quantidade de processos que carrega Antônio França como licitações escandalosas, entre elas, a contratação de um caminhão, quando na verdade era uma moto, e a contratação de um prédio que nunca funcionou. "Reformaram o prédio agora e o prefeito disse que até o fim do mandato não vai mais pagar porque o pagamento foi feito antecipado", disse.

Vinicius Louro defendeu os recursos já investidos por ele em Pedreiras na legislatura passada, durante quatro anos, cerca de dois milhões e meio foram destinados para o município, os mesmos utilizados na construção da Ponte de Santa Edwiges e no asfalto do Povoado Marianópolis.

Inadimplência 

O silêncio de Fábio Macedo só evidencia que contra fatos não há argumentos. Neste caso, defender o prefeito de Pedreiras é uma tarefa impossível. Vinicius Louro foi ainda mais longe ao afirmar que o município de Pedreiras está inadimplente. "O deputado Rafael Leitoa tentou colocar recursos mas não conseguiu pois a cidade está inadimplente, em três anos de mandato não deu para tirar o município da inadimplência? Isso é falta de gestão", afirmou.

Para encerrar a discussão com o colega parlamentar, Vinicius Louro foi além e mostrou compromisso com a cidade ao anunciar que, com o auxílio do Partido Liberal (PL), vai enviar uma ambulância para Pedreiras no valor de 185 mil, provando que não bajula prefeito, mas que trabalha para beneficiar a população da cidade, que está órfã de políticas públicas. 

"Eu estou trabalhando para a população. Agora é difícil você levar recursos se a prefeitura está inadimplente. Diga bem quais são as ações de construções do prefeito Antônio França nesses três anos?", questionou Vinicius Louro, obtendo o silêncio como resposta.

Da Assessoria 

by 02:23 0 comentários