Participam da Formação vários segmentos da sociedade

Uma das principais diretrizes do Governo Municipal de Açailândia está pautada na educação, e para garantir que cada criança e adolescente esteja em sala de aula aprendendo, o prefeito Aluísio Sousa dar continuidade ao programa ‘Busca Ativa Escolar’ em nosso município.

Por intermédio da Secretaria Municipal da Educação – SEMED, da Secretaria de Saúde – SEMUS, da Secretaria de Assistência Social – SEMAS, e da Secretaria de Cultura – SECULT, a Prefeitura de Açailândia iniciou nesta segunda-feira 21/10, no auditório da UAB - Universidade Aberta do Brasil/IEMA, a primeira etapa da capacitação e formação de supervisores para utilização da Busca Ativa Escolar, uma plataforma digital gratuita desenvolvida pela Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) para ajudar os municípios a combater a exclusão escolar, iniciativa intersetorial a qual o município aderiu no mês de julho.

Participam da Formação vários segmentos da sociedade, incluindo líderes religiosos, organizações sociais, e representantes do governo municipal. O objetivo da reunião é buscar parcerias, bem como estudar estratégias para realizar a busca pelos alunos que estão fora de sala de aula, através da plataforma “Fora da Escola Não Pode”.

De acordo com Djara Vasconcelos, coordenadora do Programa Busca Ativa/SEMED, nas estratégias de ação, se faz necessário a Articulação intersetorial, o engajamento da população, o diálogo com as famílias e atuação comprometida da gestão pública “Estamos criando o nosso Plano de Trabalho, cumprindo um roteiro criado pelo Ministério da Educação nessa primeira etapa da Formação com 38 supervisores institucionais e em seguida com os agentes de saúde do município e outros segmentos da sociedade para podermos agir”, destaca Djara.

As ações serão desenvolvidas através da atuação de profissionais da sociedade civil organizada, técnicos e coordenadores das secretarias municipais, agentes comunitários de Saúde, agentes de endemias, visitadores sociais, representantes de igrejas, sindicatos e associações do município, ao longo do ano.

Vale ressaltar ainda que esta ação implica em um dos trabalhos desenvolvidos, na linha alcance de metas de indicadores de impacto social do município, em prol da conquista do título Selo UNICEF onde o Município de Açailândia aderiu ao projeto em 2017 e em seguida Aprovado.

ASCOM-PMA – Por: Antônio Maria

by 08:01 0 comentários