“O Brasil e o Mapa da Fome: Estratégias de Superação da Insegurança Alimentar e Nutricional”

Com o tema “O Brasil e o Mapa da Fome: Estratégias de Superação da Insegurança Alimentar e Nutricional”, foi realizada no período de 06 a 08 de novembro no auditório Manoel Nascimento do Centro de Estudo Sindical Rural - CESIR/FETAEMA, no bairro do Araçagy, a VI Conferência Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional foi realizada pelo Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional (CONSEA-MA), pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (SEDES), em parceria com o Fórum Maranhense de Segurança Alimentar e Nutricional (FMSAN) e Câmera Intersetorial de Segurança Alimentar e Nutricional (CAISAN-MA).

O objetivo da VI CESAN é reunir representantes da sociedade civil, de organizações, movimentos sociais, órgãos públicos e privados para discutir a erradicação da fome e da insegurança alimentar no Brasil e no Maranhão, bem como, propor diretrizes para a continuidade da Política.

O município de Açailândia participou da VI CESAN, através das secretarias de Saúde, de Educação, da Agricultura, juntamente com membros de associações agrofamiliar, Clube de Mães, além de representantes da sociedade civil organizada e membros do CONSEA.

Mais de 400 pessoas de 95 municípios maranhenses da sociedade civil e do poder público estão discutindo os desafios da segurança alimentar. Nos três dias de evento, as representações da sociedade civil e do poder público discutiram por meio de plenárias, oficinas, debates os equipamentos de Segurança Alimentar e Nutricional (Banco de Alimentos, Restaurantes Populares, cozinhas e central de alimentos); Insegurança alimentar dos povos tradicionais; controle social do CONSEA Estadual e Municipais; Programa de Compras da Agricultura Familiar como o Procaf, PAA, PNAE.

A presidente do CONSEA-MA, Concita da Pindoba, disse que o evento superou as expectativas pois foi um momento muito importante para discutir a política de Segurança Alimentar e Nutricional. “Este ano os 26 estados da Federação estão realizando suas Conferências Estaduais e todos estão cientes dos desafios em fortalecer o pacto social pelo direito à alimentação adequada e saudável para todas e todos e, em especial, para aquelas pessoas em situação de vulnerabilidade social.”, pontuou.

“A VI Conferência é, portanto, a oportunidade para o Brasil e o Maranhão atualizar e fortalecer diretrizes nacionais e estaduais que contemplem todas e todos brasileiros”, Concluiu.

ASCOM – PMA – Por: Antônio Maria

by 07:55 0 comentários