O momento é importante pois abre um espaço de diálogo com os fazedores de cultura.

O Município de Açailândia sediou na última quinta-feira (31/10), o V Fórum Estadual de Cultura do Maranhão, promovido pela Secretaria de Estado da Cultura (SECMA) e pelo Conselho Estadual de Cultura, com apoio da prefeitura de Açailândia e da URE – Unidade Regional de Educação de Açailândia. O evento foi realizado no Centro de Educação Integrada Lourenço Galletti, no Conjunto Nova Açailândia, reunindo gestores municipais de cultura de cinco mesorregiões do Estado e representantes da sociedade civil em diversas linguagens artísticas ou segmentos culturais.

No certame de âmbito cultural, o prefeito Aluísio Sousa e Silva foi representado pelo secretário Municipal de Cultura, “Xico’ Cruz, quando chamado para composição da mesa de honra em companhia do vereador Márcio Aníbal de Sousa, do Presidente Estadual do Conselho de Cultura, Neto Azile, da Secretária Adjunta de Estado de Cultura, Carolina Veloso, e do Gestor da URE – Unidade Regional de Educação-Açailândia, Bosco Gurgel, e da representante do candomblé, a cigana Zazuleia.

A orquestra Doce Harmonia da Igreja Assembleia de Deus foi a responsável pela execução dos hinos: Nacional, do Maranhão e da Cultura Maranhense.

Durante o Fórum foram eleitos seis representantes de gestores municipais de cultura e oito representantes da sociedade civil e seus respectivos suplentes nos seguintes segmentos: artes cênicas; música; livro, leitura, literatura e biblioteca; audiovisual; artes visuais; patrimônio cultural; memória e documentação; cultura popular.

Para o presidente do CONSEC - MA, Neto de Azile, o momento é importante pois abre um espaço de diálogo com os fazedores de cultura. “É uma excelente oportunidade para construir e pensar nas políticas públicas de cultura, um momento de debate de ideias onde o poder público e a sociedade civil dialogam de forma transparente e democrática para pensar e alinhar ações e programas. Açailândia mostra o interesse do governador Flávio Dino de interiorizar. Então, vindo para esta região que é pujante econômica e culturalmente isso mostra o também o interesse do governo do estado trazer para os municípios a gestão para um diálogo mais próximo”, enfatizou.

O Conselho Estadual de Cultura do Maranhão é um órgão colegiado vinculado à Secretaria de Estado da Cultura, com caráter deliberativo, normativo, consultivo e fiscalizador. Tem por finalidade propor a formulação de políticas públicas, com vistas a promover a articulação e o debate dos diferentes níveis de governo e a sociedade civil organizada, para o desenvolvimento e o fomento das atividades culturais.

Os conselheiros são eleitos de dois em dois anos, podendo o mandato ser prorrogado somente uma vez, e o seu exercício é considerado função prioritária e de relevante interesse público.

ASCOM-PMA – Por: Antônio Maria

by 07:57 0 comentários