O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA) aprovaram a realização de nova eleição para prefeito e vice de Bela Vista.

Orias de Oliveira Mendes (PCdoB) e Vanusa Santos Moraes (MDB), eleitos em 2015, tiveram seus diplomas de prefeito e vice, respectivamente, cassados por unanimidade pelo Tribunal Superior Eleitoral em 3 de outubro de 2019 por abuso de poder político e conduta vedada a agente público. Ambos ainda foram condenados a 8 anos de inelegibilidade e multa de R$ 5 mil.
A decisão do TSE confirmou entendimento do Regional maranhense de que havia sido constatado desequilíbrio na igualdade da disputa eleitoral em Bela Vista devido os cassados terem utilizado a máquina municipal na contratação temporária de pessoas para a Prefeitura sem realizar processo seletivo simplificado ou concurso público. A irregularidade teria sido cometida de julho a agosto de 2016, em período proibido pelo inciso V do artigo 73 da Lei das Eleições (Lei nº 9.504/97).

A data marcada para a nova eleição no município é 12 de janeiro de 2020. Com isso, Bela Vista elegerá dois prefeitos, pois em outubro do ano que vem teremos as eleições municipais.

Para concorrer às eleições, o candidato deverá possuir domicílio eleitoral no município pelo prazo de 6 meses, pelo menos, assim como estar com a filiação deferida pelo partido no mínimo 6 meses antes da data da eleição e o colégio eleitoral será constituído pelos eleitores inscritos até o dia 14 de agosto de 2019.

Foto: Divulgação

by 09:53 0 comentários