O prefeito Aluísio, que desde o início do projeto buscou a facilitação para a concretização desse sonho, em compromisso na capital do estado, não pôde comparecer ao evento de lançamento oficial, mas mandou mensagem de boas vindas e agradecimentos pelos investimentos feitos em Açailândia.

A prefeitura de Açailândia instalou em diversos pontos da cidade “outdoors” de boas-vindas aos empresários que ora visitam o município, como também agradecimentos aos empresários da empresa Aço Verde do Brasil, pelo lançamento da pedra fundamental do Polo Metal Mecânico Aço Verde no Estado do Maranhão. As tratativas a nível municipal para a concretização do empreendimento ocorreram diretamente entre o empresário Ricardo Carvalho e prefeito Aluísio Silva Sousa.

O prefeito Aluísio, ausente ao evento por conta de compromissos ulteriores, através do seu representante, o Procurador Geral do Município, Renan Sorvos, trouxe ao evento uma mensagem de otimismo e muito compromisso com os empresários que estejam dispostos a investir em Açailândia, gerando emprego, renda e divisas que beneficiarão toda a população.

O evento de lançamento oficial do primeiro Polo Metal Mecânico do Estado do Maranhão em Açailândia aconteceu na manhã de hoje (12), na sede da empresa Aço Verde do Brasil e contou com a presença da Diretora Presidente do Grupo Ferroeste, Sílvia Nascimento; do Diretor Presidente da AVB, Ricardo Carvalho, dos empresários convidados, locais, regionais e de diferentes estados brasileiros ligados ao ramo Industrial metal mecânico.

A classe política representada pelo Vice-governador do Estado, Carlos Brandão também trouxe uma mensagem bastante positiva do governado Flávio Dino, que já havia determinado ao Secretário de Indústria e Comércio do Estado, Simplício Araújo, a facilitação da instalação do empreendimento em Açailândia. “O governo do Estado é, e sempre será um facilitador de empreendimento desse porte em todo o Maranhão e nunca um atrapalhador”, resumiu Carlos Brandão.

Atuando no Maranhão há mais de três décadas, o Grupo Ferroeste é presidido pela empresária Sílvia Nascimento. Ricardo Carvalho é o Diretor Presidente da AVB e entende que Açailândia é local apropriado para a concretização do Polo Metal Mecânico Aço Verde, que era um sonho, mas agora já é uma realidade, pois possui todas as características necessárias.

“Está tudo aqui disponível: mão de obra de um povo muito trabalhador, aonde tem indústria de ferro-gusa, a própria aciaria e muitas fazendas de eucalipto - o nosso objetivo é juntar cerca de vinte pequenos e médios industriais, que vão receber seus lotes gratuitamente, que vão ter energia mais barata, garantindo melhor lucratividade na fabricação de uma infinidade de produtos que têm o aço como matéria-prima”, declarou Ricardo Carvalho.

O Polo Metal Mecânico Aço Verde será construído no entorno da produção da Aciaria já em funcionamento, pois dessa forma é criada uma melhor atração de potenciais clientes dando uma dinâmica maior no processo do beneficiamento de aço no estado, provocando também uma maior internalização de seu produto, oportunizando novos investimentos no setor de aço e com isto aumentar também a oferta de empregos, renda e aumentar a arrecadação de tributos.

Investimentos – Em 2007 foi início do projeto de verticalização da produção do “aço-verde”, conceito criado para um aço produzido 100% com energia renovável visando emissões de carbono igual a zero, sem a utilização de combustíveis fosseis. Início projeto AVB. Em 2008, início das obras Aço Verde do Brasil. Em 2011, inicia-se a produção do Cimento AÇAÍ. Em 2015, início da produção de Tarugos de aço, com a proposta de não apenas beneficiar ferro-gusa, mas produzir o primeiro “aço verde” do mundo, livre de combustíveis fósseis, contribuindo assim para não afetar mais ainda o aquecimento global, em todos os seus processos. Em 2018, início da produção de Laminados AVB (Fio máquina e vergalhão).

“Fornecer produtos provenientes de energia renovável, com qualidade superior e responsabilidade socioambiental. Estes são os três pilares que sustentam o compromisso empresarial e posicionam a marca Ferroeste como uma das mais respeitadas da indústria brasileira”, destaca Ricardo Carvalho.

Sobre a importância dessa nova iniciativa, Ricardo sintetiza: “Vamos juntos criar o Polo Metal Mecânico Aço Verde, contribuindo para este grande estado nordestino, aproveitando o potencial humano e logístico desta região, como a cidade de Açailândia, além da matéria-prima de alta qualidade que é o aço verde, produzindo assim diversos produtos subsequentes da cadeia, transformando oportunidades em realidade”.

ASCOM - PMA

by 11:57 0 comentários