Compreendendo a necessidade de assumir sua responsabilidade no que tange a execução direta dos serviços ofertados pelo CRAS e Bolsa Família, a Secretaria de Assistência Social (SEMAS) vem estabelecendo estratégias de modo a atender as demandas do Sistema Único de Assistência Social.

A Coordenação do Programa Bolsa Família de Açailândia reuniu-se com as equipes de cadastradores e digitadores, para alinhar a padronização da nomenclatura dos bairros com o objetivo de dinamizar o atendimento para a população do município. Haja vista, que tem havido divergências na geração de relatórios.

Segundo o estrategista da equipe técnica de Vigilância Socioassistencial, Jonson Lira, existem até seis nomes diferentes para um único bairro da cidade, isso tem impossibilitado a geração de dados corretos no cadastramento.

Ainda de acordo com Jonson, o último censo realizado aponta que Açailândia possui cerca de 26 mil famílias e deste total 19.500 estão inseridas no Cadastro Único, ou seja, mais de 70%. O que Jonson considera um número expressivo para o município. ”Nossa meta é concluir essa ação até o final de março. Gostaria de frisar que esse trabalho foi idealizado pela assistente social Ângela Márcia Lima Silva, o qual temos imensa satisfação em dar continuidade”.

A principal finalidade do direcionamento é aprimorar e consolidar as ações e serviços relativos à Vigilância Socioassistencial no município, a fim de desenvolver ações sociais e melhor referenciar as informações.

Serão entregues às equipes mapas e planilhas contendo os nomes, localização e divisão territorial dos bairros para auxiliar no preenchimento correto das informações no sistema.

A Assistência Social informa que será iniciado a partir da próxima segunda-feira (02/03) e estende-se até 31 de março o recadastramento dos beneficiários do Programa Bolsa Família.

Como realizar o recadastramento Bolsa Família

O recadastramento Bolsa Família é realizado unicamente no CRAS que corresponde ao bairro da família beneficiária.

Será necessário o comparecimento com os seguintes documentos em mãos:

Cadastro de Pessoa Física (CPF);

Cartão da Bolsa Família;

Título de Eleitor (é necessário estar com o título em dia com a Justiça Eleitoral);

Um documento de identificação original com foto (RG, CNH entre outros).

Carteira de Trabalho dos membros economicamente ativos;

Certidão de Nascimento;

Comprovante de matrícula escolar (no caso de crianças e jovens entre 0 e 17 anos de idade;

Comprovante de residência válido dos últimos três meses.

ASCOM – PMA

by 22:39 0 comentários