A Polícia Civil do Estado do Maranhão, por intermédio da 9ª Delegacia Regional de Açailândia, após contato com a Polícia Civil do Estado do Pará, mais precisamente da cidade de Marabá, deu cumprimento a mandado de prisão temporária, em desfavor de Francisco Costa dos Santos, 24 anos. A prisão temporária, foi decretada pelo juiz da 2ª Vara Criminal da Comarca de Açailândia.

Contra Francisco Costa dos Santos, pesa a acusação de ter matado Josenilson Chagas Pereira, crime ocorrido no dia 15 de fevereiro, na segunda maior cidade da região tocantina.

Francisco Costa e Josenilson, eram colegas de trabalho e após uma discussão entre ambos, relativo uma divida de R$ 175,00, acabou acontecendo o crime. Francisco Costa, matou Josenilson a tiros. Após o cometimento do crime, Francisco Costa, tomou rumo ignorado, mas as investigações apontaram que ele estava em Marabá, onde foi preso na sexta-feira (17/04).
Francisco Costa, será transferido para Açailândia, onde ficará a disposição da justiça.

Relembre o caso:
O Delegado do caso, deverá representar pela prisão definitiva de Francisco, que por enquanto está preso por força do mandado de prisão temporária de 30 dias. Com a prisão dele e a conclusão do inquérito, ele pode ter sua prisão preventiva decretada. Ele foi indiciado por homicídio duplamente qualificado, por motivo torpe, que prevê pena de 12 a 30 anos reclusão em regime fechado.

by 13:58 0 comentários