Leia nota na íntegra

Mantendo a transparência e as informações aos moradores, a Prefeitura de Alto Alegre do Pindaré, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, informa que, infelizmente, nesta quarta-feira (1), um paciente do sexo masculino, com 17 anos, veio a óbito pelos sintomas suspeitos do novo coronavírus no Hospital Municipal.

A vítima deu entrada no hospital durante o dia de ontem (31), com um quadro de tosse, vômito, febre e dispneia intensa (dificuldade de respirar). Sem histórico de asma ou outra doença respiratória ou crônica.

O caso foi notificado para o Centro de Informações Estratégias de Vigilância do Maranhão. O Hospital realizou o teste que está sendo encaminhado para o LACEN (Laboratório Central de Saúde Pública do Maranhão), que fará análise e constatará se a causa da morte foi por COVID-19.

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, a Prefeitura de Alto Alegre do Pindaré, por meio da Secretaria Municipal de Saúde vem tomando todas as providências necessárias como a suspensão das aulas e do comércio não essencial; elaboração do Plano Municipal de Contingência; treinamento dos profissionais de saúde da Atenção Primária e do hospital; a entrega de panfletos, palestras e visitas domiciliares; fiscalização nos bares, quadras e outros locais de eventos; triagem e monitoramento das pessoas vindas de cidades com casos suspeitos e/ou confirmados; organização do atendimento na agência do Bradesco e Lotérica, com suporte de profissionais da saúde; reunião com motoristas de táxis para orientação; recomendação administrativa nas farmácias e comércios de gêneros alimentícios, além da aquisição de 3 respiradores para o Hospital Municipal.

No Hospital Municipal, as medidas de segurança seguem o protocolo do Ministério da Saúde. Uma ala foi disponibilizada para atendimentos dos casos de gripe, resfriados e sintomas da doença.

Reforçamos o pedido para que toda a população permaneça em suas casas, reforcem as práticas de higiene, o distanciamento social e a quarentena quando recomendado. Em caso de sintomas, procure o profissional de saúde.

by 10:18 0 comentários